Cookies e Política de Privacidade
A SIGNIS Agência de Notícias utiliza cookies para personalizar conteúdos e melhorar a sua experiência no site. Ao continuar navegando, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

Assembleia Eclesial retoma Conferência de Aparecida: 'ainda há muito a oferecer à Igreja'

Para Cardeal Dom Odilo Pedro Scherer, é preciso estar atentos ao apelo do Papa e avaliar aspectos do documento de Aparecida que 'não foram assumidos'.

Há 12 dias - por Cléo Nascimento
Assembleia Eclesial retoma Conferência de Aparecida: \'ainda há muito a oferecer à Igreja\'
(foto por Comunicação Assembleia (Pe. Julio Caldeira))
 
     
A V Conferência Geral do Episcopado Latino-americano, realizada em 2007,é um dos pilares de discussões da Assembleia Eclesial, em curso até o dia 28 de novembro. Esse aspecto foi destacado pelo vice-presidente do CELAM (Conselho Episcopal Latino Americano), Dom Odilo Pedro Scherer, durante coletiva de imprensa, na terça-feira (23): "Não podemos esquecer Aparecida".
 
"O Papa Francisco nos pede que retomemos o documento de Aparecida, porque ele contém uma riqueza muito grande, que talvez não tenha sido ainda absorvida bastante. E esse documento ainda tem muito a oferecer para a Igreja em nosso continente e continua muito atual", pontuou o arcebispo de São Paulo.
 
O anseio de "reavivar o espírito" da Conferência de Aparecida foi demonstrado por Francisco no primeiro parágrafo de sua mensagem aos participantes da Assembleia, acompanhado do desejo de "impulsionar uma Igreja em saída sinodal".
 
Dom Odilo Scherer ressaltou que é preciso fazer uma avaliação dos resultados alcançados pela V Conferência, mas também entender de que maneira as propostas e conclusões do Documento de Aparecida já influenciaram a vida da Igreja na América Latina, seja no âmbito pastoral, como da evangelização.
 
"Mas pede o Papa também que avaliemos aqueles aspectos que, por acaso, ainda não foram assumidos bastante e que devem ser assumidos mais para produzir o seu fruto", pontuou.
 
Ainda sobre o documento, Dom Odilo disse que os grupos de trabalho retomaram um dos conceitos importantes da Conferência de Aparecida: o da conversão pastoral.
 
“A Igreja como um todo é convidada a se rever, a se renovar, e, portanto, a se voltar mais e mais para Jesus Cristo e renovar a sua adesão a Jesus Cristo e ao Evangelho”, explicou o Cardeal.
 
Para ele, a conversão pastoral requer atitudes como “mudar os métodos da pastoral, o foco, as atenções da pastoral, o jeito da pastoral”. Movida por esta conversão, que deve ser missionária, “nossa Igreja não pode se entender como uma Igreja que já está pronta, já cumpriu sua missão”, salientando que “tudo na vida da Igreja deve ter a sua dimensão missionária”.

Comentários

  • Esta notícia ainda não tem comentários. Seja o primeiro!