Cookies e Política de Privacidade
A SIGNIS Agência de Notícias utiliza cookies para personalizar conteúdos e melhorar a sua experiência no site. Ao continuar navegando, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

“Ouçam o grito dos povos, das águas e das florestas”, pedem bispos da Amazônia

Em vídeo, prelados sugerem a participantes da COP26 pressionar governo brasileiro por compromisso na defesa de meio ambiente e dos povos originários da região.

Há 29 dias - por Redação com REPAM
“Ouçam o grito dos povos, das águas e das florestas”, pedem bispos da Amazônia
(foto por Reprodução Youtube (REPAM))
Os bispos da Amazônia divulgaram, na última sexta-feira (5), um vídeo com um apelo aos líderes mundiais reunidos na 26ª Conferência das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas (COP26).
 
Com pouco mais de 2 minutos, a gravação conta com depoimentos do episcopado da região, que pede “compromissos urgentes e audaciosos” para combater as mudanças climáticas e proteger a Amazônia.
 
"Peço encarecidamente aos participantes da COP26 que ouçam o grito dos povos, das águas e das florestas da Amazônia e pressionem o governo brasileiro para que se comprometa efetivamente com a defesa dos povos originários, das florestas e das águas da Amazônia", diz o presidente da Rede Eclesial Pan-Amazônica (REPAM - Brasil) e , Dom Erwin Kräutler.
 

Papa Francisco 

 
No dia 2 de novembro, o Papa Francisco enviou uma mensagem ao presidente da COP26, Alok Sharma, e reforçou a recomendação para que a COP26 possa "contribuir ativamente para a construção consciente de um futuro onde as condutas cotidianas e os investimentos econômico-financeiros possam realmente salvaguardar as condições de uma vida digna da humanidade de hoje e de amanhã num planeta 'saudável".

Comentários

  • Esta notícia ainda não tem comentários. Seja o primeiro!