Cookies e Política de Privacidade
A SIGNIS Agência de Notícias utiliza cookies para personalizar conteúdos e melhorar a sua experiência no site. Ao continuar navegando, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

Papa agradece e elogia o empenho de catequistas em todo mundo: 'missão insubstituível'

Ministério do catequista foi reconhecido pela Igreja, em maio deste ano, através de Motu Proprio assinado pelo pontífice.

Há 2 meses - por Redação
Papa agradece e elogia o empenho de catequistas em todo mundo: \'missão insubstituível\'
Foi divulgado, nesta terça-feira (30), o vídeo mensal com as intenções do Papa Francisco, produzido pela Rede Mundial de Oração pelo Papa. No mês de dezembro, o pontífice dedica sua mensagem "aos catequistas e às catequistas", aos quais agradece "pelo entusiasmo interior com que vivem esta missão a serviço da Igreja".
 
"Os catequistas têm uma missão insubstituível na transmissão e no aprofundamento da fé. O ministério laical do catequista é uma vocação, é uma missão", refletiu.
 
Para Francisco, o ministério não deve ser visto apenas como uma função a ser desempenhada na Igreja: "Ser catequista significa que a pessoa 'é catequista', não que 'trabalha como catequista'. É todo um modo de ser, e são necessários bons catequistas, que sejam ao mesmo tempo companheiros e pedagogos".
 
Francisco recorda que, "em tantas dioceses, em tantos continentes, a evangelização está fundamentalmente nas mãos de um catequista”.
 
Em maio deste ano, Francisco instituiu o ministério do catequista através do Motu Proprio Antiquum Ministerium. O documento se refere à atividade realizada por homens e mulheres que não pertencem ao clero ou institutos religiosos e reconhece, de forma 'estável', o serviço que prestam na formação dos batizados da Igreja.
 
 
 

Comentários

  • Esta notícia ainda não tem comentários. Seja o primeiro!