Cookies e Política de Privacidade
A SIGNIS Agência de Notícias utiliza cookies para personalizar conteúdos e melhorar a sua experiência no site. Ao continuar navegando, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

Dicastério para Leigos, a Família e a Vida conhece trabalho pastoral realizado no Brasil envolvendo leigos, família e defesa da vida

As ações foram apresentadas por dom Ricardo Hoepers, presidente da Comissão Episcopal Pastoral para a Vida e Família da CNBB

Há 4 dias - por Assessoria de Comunicação da CNBB
Dom Ricardo Hoepers (o terceiro, da esquerda para direita) com membros do Dicastério
Dom Ricardo Hoepers (o terceiro, da esquerda para direita) com membros do Dicastério (foto por Assessoria de Comunicação da CNBB)

Em comemoração ao Dia Internacional da Família, festejado neste 15 de maio, apresentamos recente notícia ligada à ação da Igreja no Brasil no âmbito da pastoral familiar e defesa da vida. Vale destacar que essa data foi criada pela Assembleia Geral das Nações Unidas em sua reunião de 20 de setembro de 1993 e passou a ser comemorada no ano seguinte. Entre os objetivos que motivam a data está a defesa da família, a importância de sublinhar o caráter basilar da família na educação das crianças, a necessidade de sensibilizar a sociedade sobre as questões sociais, econômicas e demográficas que afetam a família, entre outros.

 

Em sua recente Visita Ad Limina no Vaticano, os bispos do Regional Sul 3 da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), estiveram no Dicastério para os Leigos, a Família e a Vida. Na oportunidade, o bispo de Rio Grande (RS) e presidente da Comissão Episcopal Pastoral para a Vida e a Família CNBB, dom Ricardo Hoepers, destacou o trabalho de animação e articulação da Pastoral Familiar e do Serviço à Vida em todos os Regionais do país.

Dom Ricardo foi o responsável por apresentar as ações da Igreja no Regional Sul 3 em relação às dimensões eclesiais sob os cuidados do Dicastério: laicato, vida e família. Ele também dirigiu algumas perguntas a respeito dos ministérios leigos, à acolhida do capítulo VIII da exortação Amoris Laetitia pelo mundo e sobre o enfrentamento às políticas contra a vida.

O bispo destacou que a Comissão Episcopal e Pastoral Vida e Família da CNBB “tem se dedicado com empenho na organização, produção de materiais e mobilização das Dioceses para priorizar a Pastoral Familiar e o Serviço à Vida em todos os seus Regionais”.

Ele citou como prioridades a aplicação dos itinerários de acompanhamento personalizado para a preparação para o matrimônio e para recém-casados. Outro destaque é a acolhida, discernimento, integração e acompanhamento de casais em novas uniões. “A estrutura da Comissão Vida e Família vem crescendo a cada ano e, especialmente neste tempo de pandemia e com o Ano de São José e Ano Amoris laetitia, houve um crescimento ainda maior em busca de implantação e aprofundamento. Para suprir esta demanda, investimos em subsídios mensais e temáticos: Hora da Família e Hora da Vida”, partilhou.

Dom Ricardo também apresentou a proposta do Serviço à Vida, uma “organização transversal que atua em toda a Pastoral Familiar, na promoção, defesa e cuidado com a vida desde a concepção até seu fim natural”. Uma ação específica do Rio Grande do Sul, que busca ser estendida para outros estados do Brasil, é a organização do Observatório de Bioética, que reúne as Instituições de Ensino Superior e outras Instituições afins para estudar, debater e aprofundar os temas da Bioética nos eixos início da vida, políticas públicas e final de vida.

Outro destaque na partilha de dom Ricardo é a “plena adesão e participação” do Regional Sul 3 no 10 Encontro Mundial das Famílias, no próximo mês de junho. “As dioceses já estão se preparando para realizar o 10 Encontro concomitantemente com o Papa com uma programação intensa que mobilizará todas as famílias”, anunciou o bispo. Em todo o Brasil, as dioceses são motivadas a preparar programações locais que ocorram em sintonia com as atividades que serão realizadas na cidade-sede, Roma.

Comentários

  • Esta notícia ainda não tem comentários. Seja o primeiro!