Cookies e Política de Privacidade
A SIGNIS Agência de Notícias utiliza cookies para personalizar conteúdos e melhorar a sua experiência no site. Ao continuar navegando, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

ONG ligada à Igreja contribui com projetos de adoção a distância

No Dia Nacional da Adoção, evidenciamos o trabalho de entidade que atua em favor do acolhimento e ajuda a crianças desamparadas

Há 1 mes - por Luís Henrique Marques
Associação Famílias Novas: referência em adoção à distância
Associação Famílias Novas: referência em adoção à distância (foto por AFNonlus)

Neste 25 de maio, no Brasil, é comemorado o Dia Nacional da Adoção, cuja criação teve como objetivo principal promover o debate sobre um dos princípios mais importantes do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA): o direito de convivência familiar e comunitária em dignidade. A data foi oficializada a partir do decreto de lei n. 10.447, de 9 de maio de 2002, sendo esse dia declarado oficialmente durante o I Encontro Nacional de Associações e Grupos de Apoio à Adoção, realizado em 1996. 

Inspirada nessa data, a Agência de Notícias SIGNIS aproveita para colocar em evidência o trabalho por entidades ligadas à Igreja que se relaciona com uma forma específica de adoção: a chamada adoção à distância. Em linhas bem gerais, esse formato de adoção se concretiza numa ajuda material que uma família oferece a uma criança sem que essa deixe a sua família natural cujas condições materiais dificultam o melhor cuidado com o(s) filho(s). Permanecendo no seio da sua família original, a criança não é privada da convivência do seu próprio ambiente familiar e cultural, ao mesmo tempo em que recebe ajuda para se desenvolver de forma adequada.

 

AFNonlus

 

A Associação Famílias Novas (AFNonlus), ligada ao Movimento dos Focolares, tem uma significativa atuação no âmbito da adoção à distância. Segundo informações do seu site institucional, a AFNonlus conta com 100 intervenções ativas em 50 países ao redor do mundo, boa parte dos quais atende menores com problemas de nutrição. “Os percursos de apoio são realizados em centros equipados com clínicas, creches, pré-escolas, pós-escolares para adolescentes, centro de trabalhos para mães, oferecendo oportunidades concretas de desenvolvimento e autopromoção, tendo em vista a sua total autonomia”. 

Além de programas de alimentação especial, a AFNonlus promove cursos de capacitação com fins de iniciação profissional e, na atenção a crianças e famílias, viabiliza a realização de exames médicos e distribuição de medicamentos. A entidade oferece ainda cursos de alfabetização de adultos. Os “pais adotivos” podem optar por contribuir com projetos de ajuda remota, em diferentes formatos, conforme consta na página da AFNonlus. 

Saiba mais: www.afnolus.org (italiano e inglês).

Comentários

  • Esta notícia ainda não tem comentários. Seja o primeiro!

Mais lidas