Cookies e Política de Privacidade
A SIGNIS Agência de Notícias utiliza cookies para personalizar conteúdos e melhorar a sua experiência no site. Ao continuar navegando, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

Expressões laicais fazem reflexão sobre caderno "Encantar a política"

Iniciativa fez partir do 15o seminário com bispos referenciais para CEB's e laicato

Há 2 meses - por Assessoria de Comunicação - CNBB
Participantes do 15o Seminário dos Bispos referenciais para CEB\'s e laicato
Participantes do 15o Seminário dos Bispos referenciais para CEB's e laicato (foto por Assessoria de Comunicação - CNBB)

Durante as manhãs, de 2 a 4 de agosto, bispos referenciais e assessores da Comissão Episcopal Pastoral para o Laicato da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), representantes do Conselho Nacional do Laicato do Brasil (CNLB), Serviço Brasileiro de Comunhão do Charis, Ampliada das Comunidades Eclesiais de Base (Ceb’s), Centro Nacional de Fé e Política Dom Helder Câmara (CEFEP) e de expressões Laicais da Igreja no Brasil se encontraram virtualmente no 15º Seminário com os Bispos Referenciais para as CEBs e para o Laicato.

De acordo com o bispo de Tocantinópolis (TO) e presidente da Comissão, dom Giovane Pereira de Melo, a grande pauta do seminário, que reuniu em torno de 80 participantes, foi a reflexão sobre o caderno “Encantar a Política”. O grupo também se debruçou sobre a análise de conjuntura, com o auxílio do membro da Comissão Brasileira de Justiça e Paz (CBJP), Chico Botelho, para entender os cenários internacional e nacional, com foco na realidade das Eleições 2022  no Brasil.

À apresentação do projeto “Encantar a Política”, feita por Pedro Ribeiro de Oliveira, seguiu-se a uma demonstração de como cada expressão laical está vivenciando, em sua realidade, as iniciativas do projeto. “Vemos nas apresentações uma riqueza de iniciativas como a realização de lives e encontros presenciais surgidas a partir do caderno ‘Encantar a Política'”, ressaltou dom Giovane. O subsídio é baseado nos documentos do pensamento social do magistério da Igreja e do Papa Francisco, com foco especialmente na Fratelli Tutti, exortação apostólica na qual Santo Padre trata da “melhor política”, no capítulo 5.

Os representantes da Ceb’s informaram sobre o processo de preparação do 15º Encontro Intereclesial das Ceb’s que acontece em Rondonópolis (MT). O último dia do encontro foi dedicado ao agir, no qual os participantes apontaram sugestões de como levar adiante iniciativas da Comissão Episcopal Pastoral para o Laicato da CNBB, do Projeto Encantar a Política e as atividades das diversas expressões laicais.

Dom Giovane destacou que o seminário aconteceu num clima muito fraterno, com espaço para acolher e sintetizar os diferentes pontos de vista. “Foi uma experiência muito interessante. Percebemos o empenho de todas as forças vivas e organismos que compõem a Comissão do Laicato em torno do projeto ‘Encantar a Política’ e a preocupação com o cuidado de eleger bons governantes de forma que a gente pense melhor sobre o projeto de país que a gente sonha, com a defesa da Democracia e de eleições livres e democráticas”, disse.

O arcebispo de Belo Horizonte (MG) e presidente da CNBB, dom Walmor Oliveira de Azevedo, enviou uma mensagem, em vídeo, aos participantes. Dom Walmor destacou que o seminário ofereceu uma oportunidade de firmar os cristãos na tarefa cidadã de superar a desesperança e encantar a política. O presidente da CNBB disse que em contrapartida aos tempos desoladores -, com o cenário da fome no Brasil, a destruição do meio ambiente e as graves crises éticas e morais que têm contaminando as instituições – os cristãos têm que se firmar e apontar a esperança. “Mais do nunca, precisamos refletir, à luz dos ensinamentos de Cristo, o que fazer na vida social. Apatia e desânimo não combinam com a vida democrática que exige vigorosa participação dos cristãos em vista o bem comum”, disse.

Impressões sobre o Seminário:

 

“Unidade no anúncio do amor fraterno e solidário”

“O mais importante no 15° Seminário da CEPL foi a oportunidade de celebrar a diversidade de formas de seguir o Evangelho e o compromisso de atuar junto à sociedade a partir da caminhada junto aos que vivem nas periferias existenciais. Diversidade de formas na unidade no anúncio do amor fraterno e solidário”.

Tales Lemos – Rede de Assessores CEFEP – Guarapuava (PR)

“O momento é de defesa da vida, da Democracia e da Justiça”

“O seminário trouxe algumas questões importantes neste momento. O primeiro que destaco é o encontro em si. Dos bispos da Comissão e das Ceb’s com o laicato, os integrantes dos movimentos e pastorais que compõem a Comissão para o Laicato da CNBB em torno da convivência e do caminha juntos. O segundo é a reflexão em torno do tema do seminário. O ‘Encantar a Política’ traz para nós o desafio de ampliar a compreensão das pessoas sobre a importância de reflexão política, não reduzindo o debate em torno da política partidária, mas do que o magistério do Papa e a Doutrina Social da Igreja apresentam sobre o tema. Tem sido muito rica a troca de partilha e a convivência, com respeito às diferenças. O momento é de defesa da vida, da Democracia e da Justiça”.

Sônia de Oliveira – Presidente do Conselho Nacional do Laicato do Brasil (CNLB) – Montes Claros (MG)

“Pluralidade e diversidade de carismas”

O primeiro destaque é a pluralidade e diversidade de carismas das diversas expressões laicais da nossa Igreja, onde suscita a ação do Espírito Santo. Outro destaque é a lucidez com que foi apresentado o olhar sobre a realidade do nosso povo. Como cristãos leigos e leigas, à luz da Palavra e do Magistério da Igreja, somos chamados e interpelados a agir para transformar essa dura e triste realidade. Por último, destaco a reflexão que tivemos sobre o Projeto ‘Encantar a Política’. Um projeto que é para além no momento eleitoral. A questão que fica: Porque precisamos Encantar a Política? O que aconteceu? Para isso é preciso superar a concepção de se preocupar apenas com o indivíduo e sua família, mas com o conjunto da sociedade, especialmente os mais fragilizados, os preferidos de Jesus”.

Salete Bagolin Bez – Ampliada Nacional das CEBs – Curitiba (PR)

Saiba mais:
Caderno “Encantar a Política” oferece reflexões sobre a política como expressão da caridade em vista das eleições 2022 – CNBB
Organizações religiosas seguem na mobilização para recuperar a credibilidade da política por meio do “Projeto Encantar a Política” – CNBB

Comentários

  • Esta notícia ainda não tem comentários. Seja o primeiro!

Mais lidas