Cookies e Política de Privacidade
A SIGNIS Agência de Notícias utiliza cookies para personalizar conteúdos e melhorar a sua experiência no site. Ao continuar navegando, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

REPAM 8 anos: o encontro das águas que compõe a rede

Neste oitavo aniversário da fundação da Rede Eclesial Pan-Amazônica, apresentamos a Espiritualidade Encarnada que acompanha o nascimento e sua caminhada promovendo o Reino da Vida, no cuidado dos povos, territórios e ecossistemas amazônicos, através de um

Há 21 dias - por Comunicação - REPAM
REPAM 8 anos: o encontro das águas que compõe a rede

A Amazônia está cheia de vida e de milagres diários que Deus realiza na natureza. Neste grande território está a chamada bacia amazônica, que derrama suas águas no mar através de um único rio, o Amazonas.

O rio Amazonas não se forma por si só, mas recebe águas de várias fontes: derretimento dos nevados, nascentes, chuvas, garoas, gotas, pântanos, lagos, poças, igarapés visíveis e subterrâneos. Nele fluem águas que vem de nove países (Bolívia, Peru, Equador, Colômbia, Venezuela, Brasil, Guiana, Suriname e Guiana Francesa) e que excedem seus limites ambientais, tornando-a um importante espaço de vida para a existência e o futuro de toda a humanidade (DA 475). Neste grande ecossistema, tudo tenta viver de sua dinâmica harmoniosa: seres humanos, flora, fauna, espécies vegetais e animais, água, minerais, florestas, insetos, microorganismos.

Espiritualidade encarnada

A REPAM - Rede Eclesial Pan-Amazônica - é como o rio Amazonas, que se vai formando a partir das experiências e vivências de muitas pessoas, comunidades, paróquias, vicariatos, prelazias, dioceses, organizações, etc., lembrando que "a presença da Igreja na bacia amazônica não é a de alguém com suas malas prontas para partir depois de ter explorado tudo o que estava ao seu alcance. A Igreja está presente na bacia amazônica desde o início... e continua presente e é crucial para o futuro da região" (Papa Francisco, Rio de Janeiro, 27/07/2013).

Ao mesmo tempo, não é apenas importante em si mesmo, pois deve levar estas vivências e experiências para a construção do Reino de Deus, sabendo que a partir de pequenas gotas chegamos a constituir e a "alcançar o mar". Para manter a harmonia da REPAM, todos devemos caminhar e navegar com uma espiritualidade profunda: da encarnação autêntica na realidade (dimensão existencial), centrada na Palavra escrita e da dimensão teológica (Palavra de Deus escrita e oral), com uma atitude profética-martirial e marcada por uma verdadeira identidade (rosto amazônico).

Esta iniciativa nasce da ação do Espírito Santo que tem guiado e continua a guiar a Igreja no processo de encarnação do Evangelho na Pan-Amazônia. O dinamismo da REPAM exige a participação ativa de cada um dos organismos eclesiais, sejam eles organizações ou Igrejas locais, através das diversas iniciativas, ações, propostas, projetos e programas definidos pela Rede, unindo forças, criando pontes de diálogo, cooperação e articulação entre todos os agentes eclesiais presentes na região.

Fonte da Vida

A Pan-Amazônia é "fonte de vida no coração da Igreja", respondendo ao apelo dos bispos reunidos em Aparecida de "estabelecer entre as Igrejas locais de vários países sul-americanos, que estão na bacia amazônica, uma pastoral de conjunto com propriedades diferenciadas para criar um modelo de desenvolvimento que favoreça os pobres e sirva ao bem comum" (DA 475).

O encontro das águas na Pan-Amazônia deve continuar seu caminho rumo à construção do Reino de Deus. Para isso todos devemos nos envolver e sentir que este é o chamado de Deus para que os povos amazônicos tenham "vida em abundância" (cf. Jo 10,10).

Conheça a REPAM

Comentários

  • Esta notícia ainda não tem comentários. Seja o primeiro!

Mais lidas