Cookies e Política de Privacidade
A SIGNIS Agência de Notícias utiliza cookies para personalizar conteúdos e melhorar a sua experiência no site. Ao continuar navegando, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

Novo presbítero brasileiro é ordenado para a missão na Ásia

A paróquia São João Batista, de Mauá (São Paulo) se encheu de alegria na manhã do dia 5 de novembro pela ordenação presbiteral de um filho desta terra, o missionário da Consolata e agora padre Thiago Jacinto da Silva IMC

Há 1 mes - por Julio Caldeira
Padre Tiago Jacinto: “permanecer unido no amor de Deus e fazer sempre sua vontade”
Padre Tiago Jacinto: “permanecer unido no amor de Deus e fazer sempre sua vontade” (foto por Divulgação)

“É a realização de um sonho. O sonho de Deus que junto do meu e de muitos, se torna realidade neste dia”, expressou o neopresbítero Thiago, que afirmou que deseja “permanecer unido no amor de Deus e fazer sempre sua vontade”. Nos próximos meses o neopresbítero será enviado para sua primeira destinação missionária que será Taiwán, no continente asiático.

A celebração eucarística foi presidida por Dom Pedro Carlos Cipollini, bispo de Santo André, e contou com a participação de dezenas de sacerdotes diocesanos e religiosos, bem como por muitos familiares, amigos, religiosas e leigos da região de São Paulo, de Curitiba, da Argentina e até do Quênia (África).

Escolhido, ungido e enviado

Na homilia, Dom Pedro recordou que o sim do neopresbítero é uma resposta ao amor de Deus que escolhe, unge e envia. “Você Thiago, foi escolhido, ungido e enviado em missão por Jesus Cristo, através da Igreja. Lembre-se que a missão deve ser exercita ao modo de Jesus, o servo de Javé, até as ‘periferias existenciais’, como exorta o papa Francisco: ir não no discurso, mas na prática. E esta é sua missão profética, onde o profeta ensina pelo agir mais do que com palavras”.

Destacando o exemplo do bem-aventurado José Allamano, fundador dos missionários e missionárias da Consolata, o bispo de Santo André, convidou o padre Thiago a experimentar a “alegria de ser salvo” e desejar comunicar esta salvação a todos os povos, sempre buscando ser “antes santos, depois missionários”. “Você se torna continuador do seu carisma de missionário, apóstolo da missão, homem inquieto e resiliente, que se fez tudo para todos com obediência e caridade, crescendo sempre com grande amor-serviço ao trabalho, pois a missão necessita”.

A exemplo de Jesus, o Bom Pastor, que viveu o amor-serviço, deixa este desafio pra vida do novo presbítero: “servir é a palavra-chave que abre as portas do pastoreio para o presbítero”. Ao mesmo tempo o bom pastor vive da caridade pastoral de jesus Cristo que “indica a vivência de uma espiritualidade de confiança mais que de otimismo, de fidelidade mais que de êxito”, concluiu dom Pedro Cipollini.

 

Breve biografia

O neopresbítero Thiago Jacinto da Silva IMC nasceu no dia 8 de setembro de 1993 em Santo André – SP, Brasil. É filho de José Lourival da Silva e Eunice Jacinto da Silva e irmão de Yasmim. Sempre participou ativamente na vida da paróquia São João Batista, de Mauá-SP.

Em 2010 iniciou seu discernimento vocacional com os Missionários da Consolata e realizou sua formação inicial em Curitiba-PR, no ano do Propedêutico e cursando Filosofia. Em 2016 viveu seu ano de Noviciado em Martín Coronado, Buenos Aires (Argentina), onde professou os primeiros votos como Missionário da Consolata em 29 de dezembro do mesmo ano.

Foi enviado ao Quênia, na África, para cursar a Teologia em Nairobi de 2017 a 2021. Posteriormente foi enviado para realizar o ano de serviço missionário em Wamba, no norte do país, junto ao grupo étnico Samburu.

Professou solenemente os votos perpétuos no dia 11 de fevereiro de 2022 e foi ordenado diácono em 26 de fevereiro passado. Neste dia 5 de novembro foi ordenado presbítero por imposição das mãos do bispo de Santo André, Dom Pedro Carlos Cipollini, na sua paróquia de origem de São João Batista, em Mauá-SP.

O padre Thiago J. da Silva IMC escolheu como lema do seu ministério o início do canto de Maria, o Magnificat (Lc 1,46): “A minha alma glorifica ao Senhor, meu espírito exulta de alegria”. Nos próximos meses o neopresbítero partirá para Itália, onde se preparará para ser enviado a sua primeira destinação missionária que será Taiwán, no continente asiático.

 

Comentários

  • Esta notícia ainda não tem comentários. Seja o primeiro!

Mais lidas