Cookies e Política de Privacidade
A SIGNIS Agência de Notícias utiliza cookies para personalizar conteúdos e melhorar a sua experiência no site. Ao continuar navegando, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

Santo Amaro (Mauro) (15 de janeiro)

Há 7 dias
Santo Amaro (Mauro) (15 de janeiro)

Nasceu em Roma e entrou muito cedo para a vida religiosa. Filho espiritual e grande amigo de São Bento, tornou-se um beneditino com apenas 12 anos de idade. Ele foi apontado, desde muito cedo, como um exemplo de silêncio e também de correspondência às exigências da vida monacal. Vida de austeridade, de ação, de oração; “ora et labora” de fato.
Grande amigo de São Bento, viveu momentos que ficaram registrados por São Gregório Magno e por seu biógrafo, o monge Fausto de Monte Cassino, que o descreve como homem de grandes virtudes, modelo de obediência, humildade, caridade. Austero consigo mesmo, era condescendente e caridoso para com os outros. São-lhes atribuídos vários milagres em vida.
Viveu com São Bento em Subíaco e o acompanhou a Monte Cassino onde São Bento veio a fixar-se. Foi o primeiro superior e administrador do local.
Quando São Bento abriu seu primeiro mosteiro na França, sobre o Loire, que recebeu o nome de Glanfeuil, designou São Mauro (Amaro) para ser seu superior e lá ele ficou até sua morte em 13 de janeiro de 567.
No Brasil, 6 municípios tomam o nome deste santo.
Santo Amaro, rogai por nós!

Sobre o autor

Raul Ribas

Pós-graduado em Teologia pela Universidade Católica Dom Bosco, de Campo Grande (MS), membro do Movimento dos Focolares e um entusiasta pesquisador e divulgador da vida dos santos.