Cookies e Política de Privacidade
A SIGNIS Agência de Notícias utiliza cookies para personalizar conteúdos e melhorar a sua experiência no site. Ao continuar navegando, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

Santo Antonino (10 de maio)

Há 9 dias
Santo Antonino (10 de maio)

Nasceu em 1389, filho único de um tabelião. No batismo, recebeu o nome de Antonio, mas, por sua baixa estatura, era conhecido por Antonino. Estudou direito, para agradar o pai, mas deixou tudo para seguir sua vocação religiosa.
Pediu admissão na Ordem Dominicana, mas o superior, vendo-o magro e pequeno, não o queria e, para se livrar dele, lhe disse que voltasse quando decorasse todo o Direito Canônico. Meses depois ele retorna e, para a surpresa do superior, ele tinha de cor todo o volumoso livro.
Superada a barreira, ingressou e logo se tornou modelo de religioso. Ordenado padre, foi-lhe confiado vários cargos na Congregação. Foi superior em várias casas, provincial, vigário geral da Ordem, e que desenvolveu com muita competência, humildade e caridade. Por toda parte reavivou o espírito da regra, mais com seus exemplos do que por seus discursos.
Convocado pelo Papa, Antonino, o pequeno gigante, foi chamado para ser bispo e logo arcebispo de Florença. Cheio do Espírito Santo, trabalhou com prudência e energia contra tudo o que atrapalhava as famílias e por isso sofreu muito, mas por uma causa justa, ou seja, para levar muitos para Deus. Entrou na Igreja triunfante com 70 anos.
Santo Antonino, rogai por nós!

Sobre o autor

Raul Ribas

Pós-graduado em Teologia pela Universidade Católica Dom Bosco, de Campo Grande (MS), membro do Movimento dos Focolares e um entusiasta pesquisador e divulgador da vida dos santos.