Cookies e Política de Privacidade
A SIGNIS Agência de Notícias utiliza cookies para personalizar conteúdos e melhorar a sua experiência no site. Ao continuar navegando, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

São José Operário (1o de maio)

Há 18 dias
São José Operário (1o de maio)

O 1º de maio é, desde 1886, um símbolo da luta dos trabalhadores. Tudo começou em Chicago (Estados Unidos), com uma manifestação de trabalhadores por fixação do horário de oito horas diárias de trabalho e que culminou nos dias seguintes com a morte de diversas pessoas nos confrontos com a polícia. A partir de 1919, diversos países instituíram feriados nacionais nesse dia.
O Papa Pio XII, em 1955, definiu para os dias primeiros de maio a festa de São José, Protetor e Modelo de todos os trabalhadores e num discurso para 200 mil trabalhadores na Praça São Pedro, disse:
“Neste dia 1º de maio, que o mundo do trabalho adjudicou-se como festa própria, nós, vigário de Cristo, queremos reafirmar, em forma solene, a dignidade do trabalho a fim de que inspire na vida social as leis da equitativa repartição de direitos e deveres. Tomado neste sentido por operários cristãos, o 1º de maio em vez de ser fomento de discórdias, de ódio e violências, é e será um convite social. Seja, portanto, o 1º de maio uma festa cristã, um dia de júbilo para o triunfo concreto e progressivo dos ideais cristãos da grande família do trabalho”
São Paulo, na carta aos Colossenses nos exorta: ”Servos, obedecei em tudo a vossos senhores terrenos, servindo não por motivo de que estais sendo vistos, como quem busca agradar a homens, mas com sinceridade de coração, por temor a Deus. Tudo o que fizerdes, fazei-o de bom coração, como para o Senhor e não para os homens, certos de que recebereis, como recompensa, a herança das mãos do Senhor. Servi a Cristo, Senhor. Quem cometer injustiça, pagará pelo que fez injustamente; e não haverá distinção de pessoas. Senhores, tratai vossos servos com justiça e igualdade. Sabeis perfeitamente que também vós tendes um Senhor no céu." (Cl 3,22-25; 4,1).
Este é o espírito novo que deve nortear o trabalho cristão e o relacionamento de justiça e amor entre empresários e empregados. Elevemos hoje uma especial oração ao santo de hoje em favor de todos os trabalhadores do Brasil e do mundo.
São José Operário, rogai por nós!

Sobre o autor

Raul Ribas

Pós-graduado em Teologia pela Universidade Católica Dom Bosco, de Campo Grande (MS), membro do Movimento dos Focolares e um entusiasta pesquisador e divulgador da vida dos santos.