Cookies e Política de Privacidade
A SIGNIS Agência de Notícias utiliza cookies para personalizar conteúdos e melhorar a sua experiência no site. Ao continuar navegando, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

São José de Anchieta (9 de junho)

Há 27 dias
São José de Anchieta (9 de junho)

Nasceu em 19 de março de 1534, em Tenerife, nas Ilhas Canárias. Tendo entrado na Companhia de Jesus foi enviado às missões do Brasil. Esteve presente na primeira missa celebrada pelo padre Manuel de Nóbrega, na festa da conversão de São Paulo, 25 de janeiro de 1554, pondo, assim, a primeira pedra da fundação da cidade de São Paulo. Anchieta foi o primeiro professor do colégio aí fundado, ensinando latim e gramática.
Em 1563, acompanhou o padre Manuel de Nóbrega para negociar a paz com a Confederação dos Tamoios no litoral santista e ali permaneceu como refém enquanto o padre Nóbrega retornou para negociar também com os europeus.
Em 1565, acompanhou o capitão-mor Estácio de Sá na expedição que expulsou os franceses da região da Baia de Guanabara, onde pretendiam criar a França Antártica e lá foi fundada a cidade do Rio de Janeiro.
Dali seguiu para Salvador onde recebeu a ordenação sacerdotal. Após isso dedicou toda a sua vida à evangelização do povo nativo. Escreveu na língua tupi uma gramática e depois um catecismo.
Os últimos anos de sua vida ele passou no Espírito Santo, como superior da Ordem e foi sepultado em Vitória.
Imediatamente após sua morte, em 9 de junho de 1597, iniciou-se o processo para sua beatificação, porém, sua beatificação e canonização foram retardadas por causa da perseguição do Marquês de Pombal aos Jesuítas que destruiu todos os documentos possíveis, inclusive os que embasavam a causa.
Considerado o “Apóstolo do Brasil”, José de Anchieta foi beatificado em 22 de junho de 1980 pelo Papa João Paulo II, e no dia 3 de abril de 2014 foi declarado santo por intermédio de um decreto assinado pelo Papa Francisco.
São José de Anchieta, rogai por nós!

Sobre o autor

Raul Ribas

Pós-graduado em Teologia pela Universidade Católica Dom Bosco, de Campo Grande (MS), membro do Movimento dos Focolares e um entusiasta pesquisador e divulgador da vida dos santos.

Mais lidas