Cookies e Política de Privacidade
A SIGNIS Agência de Notícias utiliza cookies para personalizar conteúdos e melhorar a sua experiência no site. Ao continuar navegando, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

São Luiz Gonzaga (21 de junho)

Há 15 dias
São Luiz Gonzaga (21 de junho)

Veneramos hoje o santo que se tornou o símbolo da pureza e foi declarado o “Patrono da Juventude”. São Luís Gonzaga nasceu no ano de 1568 na corte de Castiglione. Eram anos que sucediam o Concílio de Trento e o nepotismo ainda reinava na Igreja. A família materna era católica influente. O irmão de sua mãe era o Papa Pio IV e seu primo São Carlos Borromeu era cardeal em Milão. Seu pai o motivava a ser príncipe. Encaminhou-o para formação na corte dos Médici, em Florença e junto ao duque de Mântua e à Espanha onde conviveu com o filho do Imperador Felipe II.
Todavia, desde cedo, seu coração não se deixava levar pelas honras do mundo. Aos 10 anos, consagrou-se a Nossa Senhora. Aos 12, ofereceu a Ela sua virgindade em Santa Maria in Fiori. Aos 15 anos, estando ainda na luxuosa corte de Madri, resolveu abdicar ao trono do seu pai e contra a vontade dele quis ingressar na Companhia de Jesus. Depois de 4 anos de pressões e repressões do pai, já aos 19 anos, dirigiu-se a Roma e ingressou no noviciado dos jesuítas.
Em 1591, ele ainda estudava teologia quando a peste invadiu Roma e, sem reservas, dedicou-se aos empestados até ele mesmo contrair a enfermidade. Tinha então 23 anos.
A profundidade de sua vida interior, seu alto conceito de castidade e sua dedicação aos pobres e doentes até a morte fizeram dele um dos modelos perfeitos de juventude. Foi beatificado em 1605, 14 anos após sua morte, estando ainda viva e presente sua mãe. Seu culto é um dos mais difundidos e populares em todo o mundo.
São Luís Gonzaga, rogai por nós!

Sobre o autor

Raul Ribas

Pós-graduado em Teologia pela Universidade Católica Dom Bosco, de Campo Grande (MS), membro do Movimento dos Focolares e um entusiasta pesquisador e divulgador da vida dos santos.

Mais lidas