Cookies e Política de Privacidade
A SIGNIS Agência de Notícias utiliza cookies para personalizar conteúdos e melhorar a sua experiência no site. Ao continuar navegando, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

Santo Afonso Maria de Ligório (1o. de agosto)

Há 14 dias
Santo Afonso Maria de Ligório (1o. de agosto)

Hoje, veneramos mais um gigante na santidade e na fecundidade de obras, no seio da Igreja. Bispo, escritor, poeta, doutor da Igreja, fundador de uma das mais ativas e numerosas congregações religiosas: os Padres Redentoristas.
Nasceu perto de Nápoles em 1696, aos 12 anos ingressou na faculdade e aos 16 doutorou-se em Direito Civil e Canônico. Jovem e brilhante advogado, tinha também uma vida espiritual muito intensa. Após advogar por oito anos, teve uma derrota nos tribunais que o fez abandonar a advocacia e dedicar-se totalmente às causas evangélicas. Completou os estudos em teologia e aos 30 anos foi ordenado padre.
Dedicou-se, sobretudo à pregação, com o lema: ”Deus me enviou pra evangelizar os pobres”. Fundou a Congregação do Santíssimo Redentor ou Padres Redentoristas, que se dedicou e se dedica à pregação de retiros, de missões populares, principalmente aos locais mais pobres e carentes. Mais do que com palavras, pregava com exemplo de virtude e caridade. Por fidelidade ao papa, aceitou ser sagrado bispo, atuando com zelo e firmeza acima de tudo na formação do clero.
Foi um grande mestre espiritual e doutor da Igreja: deixou 120 obras de imenso valor e faleceu santamente aos 91 anos em 1o. de agosto de 1787. Os redentoristas estão hoje em mais de 180 países. São responsáveis pelo Santuário de Aparecida desde o início e de diversos outros no Brasil e no mundo e onde se encontram há a Novena Permanente a Nossa Senhora do Perpétuo Socorro.
Santo Afonso Maria de Ligório, rogai por nós!

Sobre o autor

Raul Ribas

Pós-graduado em Teologia pela Universidade Católica Dom Bosco, de Campo Grande (MS), membro do Movimento dos Focolares e um entusiasta pesquisador e divulgador da vida dos santos.

Mais lidas