Cookies e Política de Privacidade
A SIGNIS Agência de Notícias utiliza cookies para personalizar conteúdos e melhorar a sua experiência no site. Ao continuar navegando, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

Santo Ambrósio (7 de dezembro)

Há 2 meses
Santo Ambrósio (7 de dezembro)

Já no decadente Império Romano, nasceu Ambrósio de uma nobre família em Tréveris, Alemanha. Seu pai era governador das Gálias, por isso formou-se na mais rígida tradição romana. Cultuava as virtudes cívicas e morais e recebeu aprimorada formação retórica que o tornou admirável escritor.
Como era costume da época, apesar da formação cristã já recebida, seu batismo foi protelado para uma idade mais adulta. Aos 35 anos Ambrósio foi nomeado governador romano na Itália do Norte, com sede em Milão. Pouco depois veio a falecer o bispo de Milão, Aussêncio, adepto ao arianismo e para evitar conflitos entre as 2 facções, ariana e católica, ele se fez presente ao local da escolha do novo bispo com o objetivo exclusivo de manter a ordem pública e para sua surpresa, clero e fiéis aclamavam “Queremos Ambrósio bispo”. Depois de uma semana de insistência, Ambrósio reconheceu como vontade divina e a ela submeteu-se. Preparou-se para o batismo, foi ordenado padre e sagrado bispo. A festa de hoje comemora precisamente sua consagração episcopal em 374, quando contava 36 anos de idade.
A escolha original do bispo Ambrósio foi providencial. Apaziguou a igreja e sua atuação no campo pastoral, político, doutrinal e litúrgico foi tão marcante que mais tarde seria canonizado recebendo o título de grande doutor e Padre do Cristianismo.
Escreveu muitos sermões em Latim clássico e sua forma literária atraíu o jovem professor de retórica, Agostinho, que do estilo passou a gostar do conteúdo, chegando a conversão e dele recebeu o batismo, junto com seu filho Adeodato. Ambrósio foi escritor fecundo, deixou escritos ascéticos, normas para o clero e fiéis, fez poesias e hinos litúrgicos, alguns ainda compõem o breviário.
Faleceu em 4 de abril de 397, com 23 anos de episcopado e 60 de idade.
Santo Ambrósio, rogai por nós!

Sobre o autor

Raul Ribas

Pós-graduado em Teologia pela Universidade Católica Dom Bosco, de Campo Grande (MS), membro do Movimento dos Focolares e um entusiasta pesquisador e divulgador da vida dos santos.

Mais lidas