Cookies e Política de Privacidade
A SIGNIS Agência de Notícias utiliza cookies para personalizar conteúdos e melhorar a sua experiência no site. Ao continuar navegando, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

Conversão de São Paulo (25 de janeiro)

Há 12 dias
Conversão de São Paulo (25 de janeiro)

Somente 2 santos participam do calendário litúrgico em 2 datas. São João Batista e São Paulo.

Paulo, nome de origem Saulo, nasceu em Tarso, na Cilícia, hoje Turquia. Ele próprio se dizia da tribo de Benjamim. Tinha também o título honroso de cidadão romano e pertencia à seita dos fariseus. Recebeu formação bíblico-judaica direto de Gamaliel, que tinha o prestígio de mestre pelo saber e pela conduta.

É provável que Paulo não estivesse em Jerusalém durante a pregação de Cristo, pois ele não O conheceu pessoalmente, mas o crescimento rápido da Igreja, por convertidos do Judaísmo causava ódio em Paulo por considerá-los traidores da pátria e da religião.

Os Atos dos Apóstolos cita-o pela primeira vez quando do martírio do Diácono Estevão e narra também que, quando ia para Damasco, na Síria para capturar cristãos uma luz vinda do céu o envolveu e “Caindo por terra, ouviu uma voz que lhe dizia: ‘Saulo, Saulo, por que me persegues?‘. Ele perguntou: Quem és tu Senhor? e ouviu ‘Eu sou Jesus a quem tu persegues’.

A partir daí e após alguns anos de preparação, aquele que antes era um perseguidor, transformou-se em pregador da causa de Jesus, apóstolo dos gentios, que tanto se identificou com Cristo a ponto de dizer: “Eu vivo, mas não sou eu que vivo, é Cristo que vive em mim.

São Paulo, rogai por nós.

Sobre o autor

Raul Ribas

Pós-graduado em Teologia pela Universidade Católica Dom Bosco, de Campo Grande (MS), membro do Movimento dos Focolares e um entusiasta pesquisador e divulgador da vida dos santos.

Mais lidas